Como gravar dados no Cartão SD com Arduino

Como gravar dados no Cartão SD com Arduino

No Arduino e em outros microcontroladores muitas vezes precisamos guardar informações por um longo período de tempo, elaborar gráficos após coleta de dados, ou mesmo verificar quando um determinado sensor foi acionado. Podemos fazer isso gravando os dados em um cartão de memória utilizando o Módulo Cartão SD com Arduino.

Módulo Cartão SD

O módulo aceita cartões formatados em FAT16 ou FAT32, e utiliza a comunicação via interface SPI por meio dos pinos MOSI, SCK, MISO e CS, mostrados na imagem abaixo:

Módulo Cartão SD - Pinagem

Você pode utilizar tanto os pinos da coluna esquerda como os da coluna da direita, pois eles tem as mesmas funções. A alimentação do módulo pode ser feita utilizando o pino 3.3V ou o pino 5V.

Conexão módulo cartão SD com Arduino

Para alimentação do módulo pelo Arduino, vamos utilizar apenas um dos pinos GND, e também a alimentação de 5V.

Para os pinos de sinal, será necessário um divisor de tensão, já que o módulo trabalha com níveis de sinal de 3.3V, assim não podemos ligá-lo diretamente ao Arduino, que trabalha com 5V de sinal. Utilize um divisor de tensão apenas nos pinos SCK, MOSI e CS. O pino MISO pode ser ligado diretamente.

Para cálculo dos resistores utilizados no divisor de tensão, utilize a calculadora deste link, informando os resistores que serão utilizados (R1 e R2), e também a tensão de entrada (5V). Depois disso, clique em CALCULAR para ver qual será o valor da tensão de saída.

Circuito Modulo cartao SD

O potenciômetro é de 100K, ligado à porta analógica A5, mas você pode utilizar outros valores.

Gravando dados no cartão SD

Você pode gravar no cartão dados de sensores, horários, coordenadas de gps ou qualquer outra informação que desejar. Futuramente vamos apresentar um projeto de datalogger utilizando esse módulo.

Com o circuito acima, vamos criar uma rotina que grava no cartão SD um arquivo em formato texto chamado LER_POT.TXT. Para usar este programa, faça o download da biblioteca SdFat neste link. Descompacte a pasta SdFat e coloque-a dentro da pasta LIBRARIES da IDE do Arduino.

Dentro desse arquivo, será gerada uma linha, a cada 2 segundos, com o valor da porta analógica A5 onde se encontra ligado o potenciômetro.

// Programa: Gravacao com modulo cartao SD
// Autor: FILIPEFLOP

#include <SdFat.h>

SdFat sdCard;
SdFile meuArquivo;

// Pino ligado ao CS do modulo
const int chipSelect = 4;

void setup()
{
  Serial.begin(9600);
  // Define o pino do potenciometro como entrada
  pinMode(A5, INPUT);
  // Inicializa o modulo SD
  if(!sdCard.begin(chipSelect,SPI_HALF_SPEED))sdCard.initErrorHalt();
  // Abre o arquivo LER_POT.TXT
  if (!meuArquivo.open("ler_pot.txt", O_RDWR | O_CREAT | O_AT_END))
  {
    sdCard.errorHalt("Erro na abertura do arquivo LER_POT.TXT!");
  }
}

void loop()
{
  // Leitura da porta A5/Potenciometro
  int valor = analogRead(A5);
  Serial.print("Leitura Potenciometro: ");
  Serial.println(valor);

  // Grava dados do potenciometro em LER_POT.TXT
  meuArquivo.print("Leitura Potenciometro: ");
  meuArquivo.println(valor);

  if (valor <= 5)
  {
    // Interrompe o processo e fecha o arquivo
    Serial.println("Processo de gravacao interrompido. Retire o SD!");
    meuArquivo.close();
    while (1) {}
  }
  delay(2000);
}

Carregue o programa acima e gire o potenciômetro para alterar o valor lido pela porta analógica. Para finalizar a gravação dos dados, gire o potenciômetro totalmente para a esquerda (valor 0).

Circuito Arduino e módulo Cartão SD

Retire o cartão SD e abra, no computador, o arquivo LER_POT.TXT para verificar as informações que foram gravadas:

Arquivo Texto LER_POT.TXT

Gostou ? Ajude-nos a melhorar o blog atribuindo uma nota a este tutorial (estrelas no final do artigo), comente e visite nossa loja FILIPEFLOP !

11
Como gravar dados no Cartão SD com Arduino
57 votos, 4.75 classificação média (95% pontuação)

Formado em Ciência da Computação pela Universidade de Mogi das Cruzes, atualmente responsável pelo departamento técnico da FILIPEFLOP.

Compartilhe este Post

67 Comentários

  1. Stella Marques - 5 de abril de 2017

    Boa tarde, gostaria de ligar um leitor de cartões rfid juntamente com o modulo de cartão SD no meu Arduíno, estou tentando fazer para o UNO e para o Mega. Como ambos os módulos usam os mesmos pinos, existe a possibilidade de setar outros para a gravação no SD? Ou para leitura do RFID?

    E depois que eu gravar no txt, eu consigo fazer o inverso? E ler o txt e passar os dados para o Arduíno processar?

  2. stevam - 26 de fevereiro de 2017

    Olá, galera!

    Eu tenho uma dúvida. Eu consigo mandar algum arquivo para um cartão SD conectado no arduino, sem que ele esteja conectado diretamente no PC… sei lá usando um módulo Bluetooth ou coisa parecida. Eu simplesmente conectaria (parearia) meu PC com o módulo, e enviaria dados para o cartão SD.
    Se a resposta for sim, como eu faria isso??

    Obs: Não sei se o que perguntei foi algo absurdo, mas não custa nada tentar.

  3. Márcio - 20 de fevereiro de 2017

    Boa tarde, saiu um módulo desse mais novo que não é necessário usar um divisor de tensão, ele já possui um regulador de tensão para 3.3V, poderia fazer um update demonstrando como podemos tocar um arquivo .wav com esse novo módulo? Obrigado! https://ae01.alicdn.com/kf/HTB1IZjhIXXXXXXBXFXXq6xXFXXXY/221354416/HTB1IZjhIXXXXXXBXFXXq6xXFXXXY.jpg

  4. Welbert - 23 de dezembro de 2016

    Amigo

    Tem como voce me ajudar

    Estou fazendo um medidor de consumo de energia, quero gravar a memória da ultima leitura , exemplo
    se o consumo atual e de 2000kw/h seja automaticamente gravado para posterior leitura do arduino ou seja a procima leitura do arduino vai ser apartir de 2000kw/h

    seria uma memória de calculo

  5. Eduardo - 17 de novembro de 2016

    Bom dia.

    Como faço pra usar o monitor serial para gravar dados no SD, já que ambos usam a função Serial.begin(9600)?

  6. Marcelo Zatin - 7 de novembro de 2016

    Boa noite, como fica essa ligação no arduino Leonardo?

  7. Carlos Felipe Freires - 16 de outubro de 2016

    olá !
    Meus conhecimentos de programação estão escassos para conseguir digitar um código no arduino que me permitisse salvar na memoria eeprom, o ultimo valor lido de um sensor, para que, ao reiniciar, o programa inicia a execução a partir do ultimo valor salvo. Como se fosse ler e apagar sempre aquele valor. Será que você poderia me dar uma força nessa?
    Obrigado!!

  8. Leonnardo - 14 de outubro de 2016

    Eu tenho uma dúvida. Estou tentando criar um arquivo no SD card com o nome igual a data que li no RTC. Consegui criar uma String chamada Data que vem com a seguinte forma DD.MM.AAAA.txt
    Mas quando eu uso o comando:

    Data = rtc.getDateStr();
    Data=Data+”.txt”;
    File dataFile = SD.open(Data, FILE_WRITE);

    O arquivo não é criado. como posso fazer isto?
    Att

  9. Luciano - 9 de outubro de 2016

    Olá, sou iniciante em arduino e uma dúvida que sempre tenho é em saber quais são as funções de uma biblioteca desenvolvida para um determinado módulo ou sensor. Sempre fico perdido na hora de programar.
    Aproveitando, parabéns pelo blog, tem me ajudado bastante no apredizado

    • Eder Oliveira - 16 de março de 2017

      A função da biblioteca é te fornecer um código com todas as funções daquele módulo ou dispositivo prontas. Assim você não precisa implementar cada uma delas quando usa um módulo. E também economizar linhas na programação.
      Tente entrar na pasta das bibliotecas e procure pelos arquivos no formato .cpp, eles são os códigos fontes não compilados das bibliotecas, sendo que os compilados são os .h

  10. Thales Terra - 30 de setembro de 2016

    Boa tarde amigo! Gostei muito do seu post mas fiquei com uma dúvida boba: qualquer cartão sd funciona nesse módulo ou tem que ser algum especifico?

    vlw =)

    • Tiago - 10 de outubro de 2016

      Olá, Thales.
      Não sou do site, mas passei por um problema parecido… rsrs.
      Imagino que este esquemático descrito só funcione para cartões SD mais antigos. Os mais recentes (sobretudo os SDHC) exigem um bom barramento de 3.3V para sinal, e o Arduino usa 5V. O uso de divisores de tensão não são bons o suficiente para esses cartões (pois não são bidirecionais), e nesse caso, você precisaria de um conversor lógico.

  11. Thales Terra - 30 de setembro de 2016

    Boa tarde amigo! Gostei muito do seu blog mas fiquei com uma dúvida boba: qualquer cartão sd funciona nesse módulo do arduíno ou tem que ser algum especifico?

    vlw!

  12. Allan Victor Pires - 29 de setembro de 2016

    Bom dia, estou com um módulo semelhante ao utilizado. E o problema é o seguinte, quando eu inicio o Arduino a função Setup inicializa o módulo e salva os dados, porém quando eu vou salvar algo na função Loop o módulo não inicializa e não salva. Alguém pode me ajudar?

  13. ELIABE - 21 de agosto de 2016

    Eu consegui solucionar o problema de não estar reconhecendo o SD shild da seguinte forma:
    1 – Usei a própria biblioteca do IDE e mais uma biblioteca para a interface SPI
    2 – conectei a saída do pino 13 diretamente no SCK

    Segue o código:

    /*
    SD card datalogger

    This example shows how to log data from three analog sensors
    to an SD card using the SD library.

    The circuit:
    * analog sensors on analog ins 0, 1, and 2
    * SD card attached to SPI bus as follows:
    ** MOSI – pin 11
    ** MISO – pin 12
    ** CLK – pin 13
    ** CS – pin 4

    created 24 Nov 2010
    modified 9 Apr 2012
    by Tom Igoe

    This example code is in the public domain.

    */

    #include
    #include

    // Pino ligado ao CS do modulo
    const int chipSelect = 4;
    int contador=0;
    File dataFile;
    void setup()
    {
    Serial.begin(9600);
    // Define o pino do potenciometro como entrada
    pinMode(A5, INPUT);

    // Inicializa o modulo SD

    Serial.print(“Initializing SD card…”);

    // see if the card is present and can be initialized:
    if (!SD.begin(chipSelect)) {
    Serial.println(“Card failed, or not present”);
    // don’t do anything more:
    return;
    }

    dataFile = SD.open(“arquivo.txt”, FILE_WRITE);
    if (dataFile) {
    Serial.println(“card initialized.”);

    }
    // if the file isn’t open, pop up an error:
    else {
    Serial.println(“error opening arquivo.txt”);
    }
    }

    void loop()
    {

    // Leitura da porta A5/LM35
    int LM35 = analogRead(A5);
    float temperatura;
    //converte a temperatura para graus
    temperatura = (float(analogRead(LM35))*5/(1023))/0.01;
    Serial.print(“Temperatura: “);
    Serial.println(temperatura);

    // Grava dados do potenciometro em arquivo.txt
    dataFile.print(“Temperatura: “);
    dataFile.println(temperatura);
    contador++;
    if (contador >1000)
    {
    // Interrompe o processo e fecha o arquivo
    Serial.println(“Processo de gravacao interrompido. Retire o SD!”);
    dataFile.close();
    while (1) {}
    }
    delay(2000);
    }

  14. Eliabe - 20 de agosto de 2016

    Olá estou tentando fazer esta implementação no meu arduino UNO e o SDCard. No entanto ele apresenta a seguinte mensagem.
    Can’t access SD card. Do not reformat.
    No card, wrong chip select pin, or SPI problem?
    SD errorCode: 0X1,0XFF

    Não está conseguindo acessar o SD. Alguém pode me ajudar?

    Aguardo Resposta. Abraço!

  15. Leonardo - 13 de agosto de 2016

    Tem como ligar rfid+lcd para gravar os dados do rfid
    ? Espero uma ajuda
    Email leonardoztx@gmail.com
    Celular (64)981598508

  16. Paulo - 29 de julho de 2016

    No exemplo da temperatura citada acima.

    Como faço por exemplo para ler a primeira linha, qual foi o valor registrado e mostrar na propria serial ao apertar um botao e consecutivamente apertar o botao e mostrando as demais linhas?

  17. Paulo - droid - 29 de junho de 2016

    Adquirimos o modulo cartao sd ha algum tempo.
    Tenho uma duvida, depois que gravo os dados no cartao, no arquivo txt.
    Como faço para ler linha a linha de tudo que escrevi?

    exemplo: consigo acessar o ultimo item gravado, mas e os anteriores.

    Serial.write(meuArquivo.read());
    lcd.setCursor(0,3);

    lcd.print(day());
    lcd.print(“/”);
    lcd.print(month());
    lcd.print(” “);

    lcd.print(hour());
    lcd.print(“:”);
    lcd.print(minute());
    lcd.print(” “);

    if(espalarme1 >= variavel){
    lcd.print(“01″);
    }
    else {
    lcd.print(“02″);
    }

    Agradeço a atenção

  18. Fábio - 15 de junho de 2016

    Olá.
    Estou utilizando um conversor de nível lógico 3,3-5V Bidirecional com um Arduino Mega 2560.
    Quando inicia a comunicação serial, aparece a seguinte mensagem no serial monitor:
    Can’t access SD card. Do not reformat.
    No card, wrong chip select pin, or SPI problem?
    SD errorCode: 0X1,0XFF
    Gostaria de saber o que pode estar ocorrendo no meu circuito ou programa?

    Estou anexando o código para verificar onde está o possível erro
    #include

    SdFat sdCard;
    SdFile meuArquivo;

    #define dois 2
    #define quatro 4

    // Pino ligado ao CS do modulo
    const int chipSelect = 49;

    //Declaração das Variavéis
    int contato;
    int gravacao;
    int valor;

    void setup()
    {
    Serial.begin(9600);
    pinMode(dois,INPUT_PULLUP);
    pinMode(quatro,INPUT_PULLUP);
    // Inicializa o modulo SD
    if(!sdCard.begin(chipSelect,SPI_HALF_SPEED))sdCard.initErrorHalt();
    // Abre o arquivo ALARMES.TXT
    if (!meuArquivo.open(“alarmes.txt”, O_RDWR | O_CREAT | O_AT_END))
    {
    sdCard.errorHalt(“Erro na abertura do arquivo ALARMES.TXT!”);
    }
    }

    void loop(){
    contato=digitalRead(dois);
    gravacao=digitalRead(quatro);

    if(contato==0){
    valor=250;
    }

    Serial.print(“Grava: “);
    Serial.println(valor);

    // Grava dados
    meuArquivo.print(“Grava: “);
    meuArquivo.println(valor);

    if (gravacao==0){
    // Interrompe o processo e fecha o arquivo
    Serial.println(“Processo de gravacao interrompido. Retire o SD!”);
    meuArquivo.close();
    while (1) {}
    }
    delay(2000);
    }

  19. Pedro - 6 de maio de 2016

    tenho um gps shield v1r3, não consigo gravar nada no mini cartão SD scandisk ultra 8gb micro, tenho feito de todas as maneiras, será que não há nenhum programa que me possam ajudar, ou alguma dica diferente,

    o que eu tenho está aqui neste endereço,

    http://mlb-s1-p.mlstatic.com/modulo-gps-logger-shield-v1r3-tinysine-arduino-uno-408411-MLB20550533313_012016-F.jpg

    Muitíssimo Obrigado pela ajuda,

    espero por vossa noticia

    Os meus Cumprimentos,
    Pedro

  20. Allan Victor Pires - 16 de abril de 2016

    Estou tentando utilizar o módulo SD com o Arduino Mega mas não funciona, se coloco no Uno funciona normalmente. Quando abro a Serial aparece que salvou a data e os demais sensores dá erro, e mesmo quando abre o cartão nada está salvo.

  21. Priscila Vidotto - 3 de abril de 2016

    Boa noite, estou com o erro
    Can’t access SD card. Do not reformat.
    No card, wrong chip select pin, or SPI problem?
    SD errorCode: 0X1,0XFF

    Sou iniciante e não consigo encontrar o erro.
    Obrigada

  22. Fernando - 15 de março de 2016

    Muito bom! Para gravar na memória EEPROM temos limitação quanto ao número de dígitos, pois vai só até o valot 255, embora haja como contornar esse problema. No cartão SD temos o mesmo problema, ou é mais tranquilo?? Obrigado

  23. Dinho - 17 de fevereiro de 2016

    Olá, tudo certo? Gostaria de saber se para salvar certas variáveis no arduino será necessário uma placa dessa, ou posso usar apenas a EEPROM dele? São variáveis numéricas, cerca de 4 variáveis com 4 dígitos, para que eu possa salvar uma variável, e quando desligar e ligar o arduino, essa variável não esteja “default”. Estou iniciando um projeto no qual irei editar variáveis pelo display LCD e botões (aquela placa I2C com botões e display).

    • Adilson - 18 de fevereiro de 2016

      Bom dia Dinho,

      Eu acho que a melhor opção é gravar na memória EEPROM, a não ser que você precise de um histórico desses dados.

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

      • Roberto - 3 de abril de 2016

        Adilson
        Bom dia
        Preciso salvar 200 variáveis float com valores grande 10000.00 e normalmente 02 casas
        decimais, os valores salvos eu preciso em determinado momento ler ou escrever em apenas uma das variáveis. Estou pensando em usar um cartão SD, poderia ser feito? tem um exemplo de código para converter, escrever a variável e recuperar o valor quando desejado.
        Grato
        Roberto

        ,

  24. Ricardo - 23 de janeiro de 2016

    Olá, boa noite, estou começando agora com arduino, e queria tirar uma duvida, para usar o MODULO SD no ARDUINO UNO, utilizara as portas 4, 10, 11, 12, 13, mesmo não conectado a porta 10 ela poderá ser utilizada para outro sensor? Minha duvida está na porta 10, posso ou não utiliza-la para outro sensor? Grato.

  25. Carlos Felipe - 5 de janeiro de 2016

    Olá
    você poderia me ajudar?
    sou ainda iniciante
    Como faço para controlar o motor de passo em que após um comando (if qualquer) ele gira uma volta completa (2048 passos) e para. e quando for outro (if) retornar para a posição inicial e girar novamente a volta completa.
    A velocidade que gira nem é tão importante. Em todas as tentativas, o motor girou indefinidamente.
    Desde já agredeço

  26. francisco - 28 de dezembro de 2015

    Bom dia, da pra fazer a ligação do modulo sd com o arduino mega sem utilizar os resistores?

  27. Carlos Felipe - 14 de novembro de 2015

    Olá Felipe!
    Você poderia me ajudar?
    Como faço para modificar as portas MISO- 12 e MOSI – 11 do arduino UNO para portas analógicas? está havendo incompatibilidade com portas do LCD!
    Obrigado!

    • FILIPEFLOP - 20 de novembro de 2015

      Bom dia Carlos,

      O único pino que você pode modificar é o pino CS (Chip Select), os outros pinos da interface SPI são fixos.

      Mas uma alternativa é você mudar a ligação do LCD.

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  28. Agnno - 3 de novembro de 2015

    Sabe onde encontro algum tutorial, sobre recuperar os dados de um arquivo do SD. Nas verdade eu quero sobrescrever um inteiro, pensei em usar o EEPROM mas fiquei na duvidade de um numero muito grande seria viavel de gravar lá.

  29. Geraldo Andre - 30 de outubro de 2015

    Amigos tenho um Lcd tft 2.4 com touche e sd na mesma placa e estou com dois problema um e que não consigo acessar o sd de forma alguma e outro e ligar o RTC junto ao mesmo, alguém poderia dizer coo fazer.

  30. Douglas - 12 de outubro de 2015

    Olá, por favor alguém responda essa pergunta. Alguém sabe como comparar um valor salvo no cartão sd ? Por exemplo: eu escrevo a palavra “roupa” no cartão SD, e utilizo um if, If(Serial.read() == NOMENOSD){…. Alguém sabe isso ?

  31. Miguel - 5 de outubro de 2015

    Alguém conseguiu gravar alguma coisa no cartão de memória?
    Sempre que tento gravar ou ler algo ele apresenta erro 0X1,0XFF

  32. Diogo Carvalho - 18 de setembro de 2015

    Olá, estou obtendo o seguinte erro:
    SD errorCode: 0X1,0XFF

  33. denys - 18 de setembro de 2015

    ola, eu posso usar este modulo cartão sd para reproduçao de audio como o modulo mp3 WTV020-sd ?

  34. Andre Matos - 16 de setembro de 2015

    Olá Amigo, tenho um arduino duemilanove, quando uso essa pinagem , a porta usb da placa para e ai não consigo mais monitorar / atualizar o programa, será que numa placa mais moderna como o UNO esse conflito não aconteceria ? tem alguma forma de ligar o módulo no Duemilanove e manter a comunicação serial funcionando ?

    • FILIPEFLOP - 17 de setembro de 2015

      Bom dia André,

      Não temos uma placa Duemilanove para fazer esse teste, mas creio que os outros leitores do blog podem te ajudar.

      Quanto ao Uno, foi a placa que utilizamos para realizar os testes e montar esse post.

      Abraço

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

    • Gui Moreno - 2 de outubro de 2015

      Cara, quanto ao Duemilanove, não tenho esta placa, mas já vi em outros posts com uso de cartão SD os caras falarem para ligar o SDCS no pino 8 ao invés do pino 4. Espero que ajude!!!

  35. Willian - 3 de setembro de 2015

    Posso fazer isso usando zeners para reduzir a tensão para 3.3v?

  36. michel ferrari - 31 de agosto de 2015

    Olá Amigo !!! Achei esse seu código muito interessante. Tenho um problema que talvez você possa me ajudar. você saberia me dizer como faço para ler um valor de texto dentro de um arquivo .txt que está no cartão SD e colocá-lo numa variável X ? Esse arquivo tem apenas um valor, por exemplo o número 100. Grande Abraço !!!

  37. Como fazer um Datalogger com Arduino | Blog FILIPEFLOP - 27 de agosto de 2015

    […] módulo cartão SD nós já vimos anteriormente no post Como Gravar Dados no Cartão Sd com Arduino. Já o módulo DS3231 é um módulo RTC (Real Time Clock, ou Relógio de Tempo Real), sucessor do […]

  38. Eduardo - 27 de agosto de 2015

    Amigo, parabéns pelo blog e seus posts, gostaria de uma ajuda, consigo programar para ligar uns relés pela internet usando a etherShield, mas tenho que complementar o programa para abrir uma página html para ligar esses relés, mas tenho que usar um SD, não estou conseguindo rodar o programa no cartão SD. EX.: Quando eu acessar o site dentro do SD (página HTML) irá aparecer uns botões e tals, mas não estou conseguindo fazer o arduino receber o comando, pode me ajudar???
    Desde já sou muito agradecido.

  39. Adriano Garcez - 24 de agosto de 2015

    É possível utilizar esse cartão junto do ENC28J60, sendo que este também usa a interface SPI?

    • FILIPEFLOP - 24 de agosto de 2015

      Bom dia Adriano,

      É possível sim, você só precisa definir pinos diferentes para o pino CS de cada módulo. Você pode utilizar o pino 10 para o ENC28J60 e o pino 4 para o módulo SD, por exemplo.

      A interface SPI permite que você use vários dispositivos em um mesmo barramento.

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  40. Crlos - 17 de agosto de 2015

    A seguinte mensagem de erro aparece para mim na interface:

    Invalid format, reformat SD.

    O cartã SD está funcionando pois acabei de testá-lo no computador. Qual pode ser o problema? Estou testando um módulo que acabei de adiquirir.

    • FILIPEFLOP - 17 de agosto de 2015

      Boa tarde,

      Pela mensagem que você informa, o módulo cartão está sendo reconhecido, mas o cartão SD não. Tente formatar o cartão como FAT ou FAT32, e tente também com algum outro cartão, se possível de outro fabricante.

      Abraço

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  41. Ronnie Cunha - 3 de agosto de 2015

    Olá, Adilson bom dia! Gostaria de saber se uma fonte ajustável protboard (http://www.filipeflop.com/pd-6b7f4-fonte-ajustavel-protoboard.html?ct=93344&p=1&s=1) poderia dispensar o uso desse circuito divisor de tensão, já que a mesma converte 5V para 3,3V.

  42. Elcio - 30 de julho de 2015

    Adilson,
    Bom tutorial, simples e bem explicado, compreensível até por um leigo como eu. Vai no caminho do que preciso, que é um pouco mais complexo: Arduino, cartão SD, módulo relógio RTC DS1307 e leitura de um sensor ótico. Explico: um pluviômetro de caçamba basculante, que gere registro no SD quando ocorrer o movimento basculante em caso de chuva, contendo o horário do evento. Implementação posterior acrescentaria um módulo wireless. Você acredita que seria possível?

    • FILIPEFLOP - 7 de agosto de 2015

      Boa tarde Elcio,

      Interessante esse projeto. É possível sim. Em breve iremos publicar um projeto de datalogger, que pode ajudar no seu caso.

      Abraço !

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  43. Fábio - 18 de julho de 2015

    Olá, percebi na programação que o pino 4 está sendo usado para selecionar o chip, eu poderia selecionar outro terminal para fazer essa seleção ou é necessário o pino 4 para tal execução???
    Muito Obrigado.
    Fábio S. Guedes.

  44. Fábio - 14 de julho de 2015

    É possível utilizar esse Módulo Cartão SD no Arduino Mega e como seria a ligação física dos terminais???

    • FILIPEFLOP - 16 de julho de 2015

      Boa tarde Fabio,

      A interface SPI do Mega é diferente do UNO.

      Uno
      SS – 10
      MOSI – 11
      MISO – 12
      SCK – 13

      Arduino Mega
      SS 53
      MOSI 51
      MISO 50
      SCK 52

      Abraço.

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

Deixe uma resposta