Tutorial Sensor de Chama com Arduino

Tutorial Sensor de Chama com Arduino

O módulo Sensor de Chama é um sensor muito simples de ser utilizado, e com ele você pode verificar a presença de fogo ou fontes de calor por meio de um sensor IR que detecta luz com comprimento de onda entre 760 e 1100nm. Neste tutorial vamos mostrar como é fácil conectar este sensor de chama com Arduino e ter uma ótima opção para sistemas de automação residencial e segurança.

Circuito_arduino_Sensor_de_Chama

O Sensor de Chama possui duas saídas, sendo uma analógica (A0), e uma digital (D0), led indicador de alimentação e outro que acende quando a saída digital está ativada. A saída analógica pode ser utilizada para que possamos ler, no microcontrolador, o nível de calor detectado pelo sensor IR.

$_57 (3)

Já a saída digital é ativada quando o nível de calor atinge um determinado valor, ajustado pelo potenciômetro presente no módulo.

Conexão Sensor de Chama com Arduino

Vamos conectar o sensor de chama ao Arduino utilizando a porta digital 7 ligada ao pino D0 do módulo, e a porta analógica A1 ligada ao pino A0. A alimentação aceita pelo módulo é de 3,3 ou 5V, e no nosso circuito vamos utilizar 5V.

Circuito Arduino Sensor de Chama

Programa Sensor de Chama

O programa faz a leitura da porta digital (valor 0 ou 1) e da porta analógica (valores entre 0 e 1024), mostrando esses dados no serial monitor. Caso o valor da porta D0 seja alterada, a mensagem “Fogo detectado !!!” é exibida.

//Programa: Sensor de Chama Arduino
//Autor: FILIEFLOP

int pino_D0 = 7;
int pino_A0 = A1;

int valor_a = 0;
int valor_d = 0;

void setup()
{
  Serial.begin(9600);
  pinMode(pino_A0, INPUT);
  pinMode(pino_D0, INPUT);
}

void loop()
{
  int valor_a = analogRead(pino_A0);
  int valor_d = digitalRead(pino_D0);

  Serial.print("Porta analogica: ");
  Serial.print(valor_a);
  Serial.print(" Porta digital: ");
  Serial.println(valor_d);

  if (valor_d != 1)
  {
    Serial.println("Fogo detectado !!!");
  }
  delay(500);
}

Abaixo, a exibição dos valores no serial monitor:

Serial_monitor_Sensor_Chama

Gostou ? Ajude-nos a melhorar o blog atribuindo uma nota a este tutorial (estrelas no final do artigo), comente e visite nossa loja FILIPEFLOP !

2
Tutorial Sensor de Chama com Arduino
13 votos, 5.00 classificação média (100% pontuação)

Formado em Ciência da Computação pela Universidade de Mogi das Cruzes, atualmente responsável pelo departamento técnico da FILIPEFLOP.

Compartilhe este Post

14 Comentários

  1. alexandre - 13 de setembro de 2016

    Estou fazendo meu projeto de conclusão de curso usando este sensor de chama, tudo ia bem até eu perceber que o sensor detecta chama na luz do sol :c , tem alguma ideia de como fazer ele detectar somente chama mesmo ? mesmo baixando a sensibilidade continua ocorrendo …

    • Anderson Soares - 18 de outubro de 2016

      Alexandre,

      Conseguiu resolver este problema? Estou na mesma situação.
      Quando coloca fogo em ambiente aberto, ele conseguiu detectar?

      • Alexandre - 19 de outubro de 2016

        cara não consegui resolver, se baixar a sensibilidade para não detectar a claridade ele não pega o fogo, se aumentar a sensibilidade o alarme dispara direto, vou apresentar meu projeto assim. Se achar alguma solução fala aqui por favor !!

  2. Daniel - 25 de julho de 2016

    Gostei do post, mas gostaria de saber pq o detector de chama não identifica a chama do fogão de cozinha?
    Grato Daniel

  3. rodrigo - 10 de abril de 2016

    Ola, boa noite. Ate qual distancia são detectadas as chamas?

  4. William - 16 de novembro de 2015

    Amigo, qual o nome de quem faz os artigos? Felipe mesmo? estou fazendo tcc e preciso citar vocês, por favor me responda e coloca nos artigos se puder, será de grande ajuda para todo mundo, o site é muito bom.

  5. João Henrique Collenghe - 7 de outubro de 2015

    Você poderia explicar como esse mesmo sistemas, porém juntando-o ao MÓDULO BLUETOOTH COM ARDUINO, fazendo que as informações captadas pelo SENSOR DE CHAMA sejam enviadas para o aparelho bluetooth e logo depois para um celular ?

  6. JUSTINO - 4 de setembro de 2015

    PARABÉNS PELA HUMILDADE EM ENVIAR ESSE TUTORIAL MUITO IMPORTANTE, ISTO PORQUE EU SOU INICIANTE E RECÉM FORMADO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL; E AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL É A BOLA DA VEZ.

    MAIS UMA VEZ PARABÉNS POR ENVIAR ESSE TUTORIAL BÁSICO COM A PROGRAMAÇÃO.

  7. Rone - 10 de agosto de 2015

    Muito obrigado pela sua atenção. Ótimo tutorial.

  8. Eduardo - 10 de agosto de 2015

    O problema de usar esse tipo de sensor para detecção de chamas é que pode captar luz IR de outra fonte e “enganar” o sensor. Creio que um sistema mais confiável seja ler a ionização que a chama gera e ler a alteração de resistência nesse meio. *PS: fornos e caldeiras industriais onde o calor é gerado por queima de gás combustível normalmente usam este sistema.

Deixe uma resposta